Mudanças de curso

Quando eu era criança eu tinha medo do escuro. Muito medo. A luz do banheiro no final do corredor tinha que ficar acesa e eu dormia no mesmo quarto que a minha irmã - nas raras noites em que eu não dormia na cama dos meus pais.

Eu não ficava sozinha em casa. Quando minha irmã se mudou eu já tinha lá meus 17 anos - eu suava frio para dormir sozinha.

Eu nunca gostei de falar no telefone. Eram sempre as outras pessoas que faziam os pedidos de comida, porque vozes estranhas me perturbavam. Eu nunca dormia com o pé para fora da cama.

Por essas e outras, quando eu decidi ser comissária de bordo, minha mãe não falou nada, só olhou para mim e eu entendi. "Você vai viajar por aí, dormir sozinha em quarto de hotel? Se virar sozinha? Essa eu quero ver".

No primeiro dia do meu curso eu cheguei sem saber o que esperar. Sem saber que tipo de pessoas encontrar e, para minha surpresa, só tinha mais uma menina. Linda, mineira, falante e eu lá, com a minha cara de pamonha. Tudo correu lindo e maravilhoso e logo eu vi o quanto eu deveria estudar.

O curso de comissário é composto por 4 grupos:

Grupo I - Sobrevivência no Mar, Sobrevivência na Selva, Sobrevivência no Gelo e no Deserto, Procedimentos de Emergência e Segurança, Prevenção e Combate ao Fogo.

Grupo II - Regulamentos da Profissão, Noções de Direito Aeronáutico, Trabalhista e Previdenciário, Sistema de Aviação Civil, Segurança de Voo, Código Brasileiro de Aeronáutica.

Grupo III - Medicina Aeroespacial, Primeiros Socorros, Obstetrícia e Higiene, Noções de Psicologia.

Grupo IV - Conhecimentos Gerais de Aeronaves, Teoria de Voo, Navegação Aérea e Meteorologia.

E fim. Eu quase morri quando vi tudo isso. E a gente aprende tudo isso, mesmo.

Meu curso durou por volta de 4 meses. Estudei loucamente e odiava o Grupo II (odeio até hoje ¬¬) e consegui passar. Talvez eu faça um post sobre cada grupo, se minha preguiça assim permitir.

Voltando - É muita coisa em pouquíssimo tempo. Como vocês bem sabem, eu pulei nessa de cabeça, me assustei e - imediatamente - me apaixonei. Pela primeira vez na vida eu me sentia útil. Eu me sentia importante. Detentora de conhecimentos que as pessoas nem imaginavam ao olhar para mim.

Fiz amizades maravilhosas. Saí de casa, fui morar com uma tia e minha irmã. Sobrevivi na selva e aprendi a dar valor para muitas coisas.

O curso foi rápido e muito intenso. Lembro de meus dias na escola como se fosse ontem e sinto falta sempre. A realidade é dura - da minha turma que tinha por volta de 30 pessoas, apenas duas (contando comigo) conseguirem emprego.  minha amiga mineira linda e maravilhosa está fazendo arquitetura (e como sempre, deve ser uma das melhores da turma, porque ela é assim!). Aprendi amar essa profissão como se eu tivesse nascido para isso. Talvez eu tenha mesmo.

Hoje em dia eu moro sozinha, não consigo dormir com luz acesa, faço todos os meus pedidos por telefone e não só aproveito como preciso do meu tempo sozinha.

A aviação me ensinou que qualquer cama em qualquer lugar sempre terá um monstro embaixo enquanto o monstro estiver dentro de você. Me ensinou que medo de estar sozinho é medo de se conhecer e não gostar do que viu. Que somos a unica pessoa de quem não podemos fugir, por isso devemos estar em paz com as nossas vontades, sempre.

Que o escuro não é ruim - existem coisas escancaradas à luz que podem ser infinitamente piores.

E que quando a gente quer alguma coisa, a gente muda o que for preciso para conseguir.

"Muitas vezes, o fator determinante da vitória não são as escolhas mas sim, as renúncias."

Eu renunciei aos meus medos e muitas das minhas paixões. E em menos de 3 anos, é como se eu fosse uma pessoa completamente diferente.

Foram 3 meses que me mudaram para sempre e, todo dia, eu aprendo alguma coisa que me surpreende.

Qual foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?

Nunca deixe que seus medos te impeçam de enxergar com clareza, que te impeçam de levantar e fazer acontecer. Os medos são passageiros, já a coragem, graças a Deus, não.

E vicia. Depois do primeiro passo, a caminhada é consequência.

Voem alto, voem sempre!

Beijo.

134 visualizações

RECEBA AS NOVIDADES

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon

© 2018 por Andressa Caggiano. Orgulhosamente criado com Wix.com